A “New Wave” Nos Anos 80

Nos anos 80 houve uma explosão de  gêneros musicais que, apesar de possuírem características próprias, trilhavam o mesmo caminho, agregando várias tribos em uma mesma ideologia (ou muito próxima) ou gerando conflitos entre elas, muitos deles perdurando até os dias de hoje. Tudo por questões de divergências de opinião e por pura ignorância de muitas pessoas que não sabem aceitar as opções alheias. Um dos estilos que predominou na década de 80 e continua influênciando até os nossos dias é o “New Wave” (A nova onda).

A New Wave veio para contrapor o niilismo, o sofrimento e a obscuridade do punk e, posteriormente, do movimento dark. Muitas cores, músicas dançantes e letras alegres. Assim era esta vertente do pós-punk oitentista que virou referência para os jovens da época e consagrou vários artistas no Hall da fama. A ideologia do new wave era leve, pregava o divertimento e alegria, nada mais. Mesmo sendo o oposto do gótico, estas  vertentes musicais se completavam. Era muito comum (e ainda é) ouvir B 52´s, The Cure, DEVO e Bauhaus no mesmo espaço.

Muitos nomes foram responsáveis pela definição do estilo e por difundi-lo na Europa e nos Estados Unidos. Nesta época a Inglaterra era a maior exportadora de moda e talentos musicais, criando e inovando no modo de fazer e criar música. Depois deles viam os americanos, mais comerciais e que apostavam na imagem e no talento desses artistas:

*DEVO*

*Blondie*

*B-52´s*

*Culture Club*

Em outros posts vamos nos aprofundar mais em alguns dos nomes mais importantes do movimento new wave. Até porque a transição entre estilos na  década de 1980 é muito intensa. Quem começou com características do new wave, pode flertar também com o new romantic, com o SynthPop, com o gótico e assim por diante.

2 Comentários »

  1. Mário PC Said:

    Olá Amigos do Mundo Sonoro. Li algumas matérias do site e achei competentíssimas. Imaginei que talvez vocês pudessem me dar uma luz. Venho procurando matérias, críticas ou artigos que falem sobre a ascenção, para não dizer moda, do saxofone na década de 80, no Brasil, no cenário pop-rock, utilizado muito por artistas como Lulu Santos, Marina Lima, Kid Abelha, etc… Também sou saxofonista, já toquei com a Marina e o Lulu, mas estou pesquisando e buscando fontes de críticos, jornalistas ou entusiastas, matérias impressas em jornais, revistas, sites ou televisionadas. Encontrei algumas matérias estadunidenses falando sobre a febre do sax nos anos 80 nos EUA, mas nenhuma nacional. Desde já agradeço sua atenção. Obrigado. Mário PC.

  2. Rosana Claudia Quintiliano Said:

    Nossa adorei!!!!!


{ RSS feed for comments on this post} · { TrackBack URI }

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: