Kraftwerk – A Inovação da Música Eletrônica

A banda alemã Kraftwerk é a principal responsável pela música eletrônica como conhecemos hoje. Sem eles a música eletrônica não teria seguido o rumo que seguiu. Eles inovaram no modo de fazer som e se tornaram uma das maiores bandas da história da música, apesar de não serem tão conhecidos pelo grande público.

Eles fizeram com que a música eletrônica fosse vista de uma forma diferente. O nome da banda (Kraftwerk) significa “Usina de Força” em alemão e ela foi formada em 1970 em Düsseldorf, na Alemanhã, por Florian Schneider e Ralf Hütter. Posteriormente o duo se tornou um quarteto, com a entrada de Wolfgang Flür e Karl Bartos. Eles desenvolveram técnicas e equipamentos que são utilizados até os dias de hoje. As letras falam da vida urbana, da vida industrial e tecnológica em que estamos inseridos. Apesar da apologia e do uso da tecnologia, é possível notar também uma certa crítica ao mundo industrializado.

O grupo fez vários trabalhos experimentais até lançar em 1974 seu primeiro disco de grande sucesso: “Autobahn”. A música Motorik se tornou um hit mundial. Os próximos álbuns mostraram que a banda se consolidou como um dos grandes nomes da música: Radio-Activity (1975), Trans-Europe Express (1977) e The Man Machine (1978). O grupo teve uma certa rotação de músicos. Na década de 1990, Flür e Bartos saíram do Kraftwerk e os músicos Fritz Hilpert e Henning Schmitz passaram a fazer parte da formação. Em dezembro de 1999 , lançam o single “Expo 2000”, voltando a ativa depois de 13 anos. Em Agosto de 2003 é a vez de “Tour de France Soundtracks”, o primeiro álbum desde “Electric Café”, de 1986. Em Junho de 2005, a banda lançou o álbum ao vivo “Minimum-Maximum” com gravações de shows de 2004. Em Dezembro de 2008, Florian Schneider deixou o grupo e foi  substituido por Stefan Pfaffe.  O Kraftwerk foi visto no Brasil abrindo o show da banda Radiohead em 2009.

Para ver a discografia completa do Kraftwerk clique aqui

 
 
 

 

 

4 Comentários »

  1. Ana Elisa Said:

    Ah eles são incriveis!
    Uma pena que pouca gente sabe da importancia deles..

  2. Rosan Carlos Pansutti Said:

    Simplesmente sou apaixonado pelas músicas desses caras. Principalmente as do album Computer world. Incrivel como naquela época eles faziam músicas desse tipo, sem os recursos de hoje em dia.

  3. eduarda Said:

    SIE sind maximal sind erstaunlich

    I LOVE KRAFTWERK,,,,,,, KISS

  4. victor Said:

    conheci kraftwerk em 1978 ou 79 ainda com 9 ou 10 anos em casa de um primo que estudava engenharia electronica
    e me punha a ouvir discos de vinil e a esta distançia ve-se claramente que estes tipos eram demasiado evoluidos para a epoca.


{ RSS feed for comments on this post} · { TrackBack URI }

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: