Novas bandas reinventam o jazz

Depois de décadas ofuscado, o jazz se reinventou e vem conquistando o mundo como antigamente. A busca pelo alternativo abriu espaço para bandas e cantores novos repaginarem e imprimirem suas personalidades no novo jazz.

Como sempre aberto a novas experimentações, o jazz adota a tecnologia do novo milênio. Os efeitos digitais, samplers e sintetizadores, e a miscelânea com o indie rock e a música eletrônica fazem toda a diferença nesse jazz moderno.

A banda norueguesa Jaga Jazzist é um bom exemplo disso. Com 10 integrantes, misturam o velho jazz com a modernidade e tendência do mercado. O resultado foi um sucesso não só no país de origem, mas em toda a Europa, coletando prêmios e um bom número de cópias vendidas para a banda.

jagajazzist

É claro que ainda existe o bom e velho jazz, auxiliado pela tecnologia na divulgação e gravação. Esse é o caso da cantora-revelação americana Melody Gardot, de 23 anos. Quando tinha 19 anos, Melody sofreu um acidente grave e incentivada pelo médico, começou a compor.

Seu primeiro disco é o Some Lessons  – The Bedroom Sessions, de 2005, um tempo depois veio o Worrisome Heartem 2008, e o ano de 2009 teve dois lançamentos, a compilação ao vivo Live from SoHo e o My One and Only Thrill, de inéditas.

A música Our Love is Easy ainda não tem clipe, mas pode ser conferida no Youtube em sessões ao vivo, ou apenas o áudio como podemos ver aqui:

Fontes: Wikipedia/Site oficial Melody Gardot /My Space Melody Gardot/Página Dois /JagaJazzist

 

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: